sábado, 21 de novembro de 2009

E-Questionário

Da leitura que fiz de Pinheiro, Ana & Silva, Bento (2004). A Estruturação do Processo de Recolha de Dados On-Line. In Actas da X Conferência Internacional Avaliação Psicológica, Formas e Contextos. Braga: Psiquilíbrios Edições, pp. 522-529 que, embora se debrucem sobre a recolha de dados por e-mail, posso dizer que têm dados que podem ser perfeitamente aplicáveis a outros e-questionários.


Parâmetros

Correio postal

E-mail

Custos na recolha dos dados

Baixo

Muito menor

Tempo necessário para recolha de dados

Alto

Menor

Tamanho da amostra para determinado orçamento

Grande

Maior

Informação recolhida por inquirido

Baixo

Maior

Alcance a uma amostra dispersa

Sim

Sim (de forma mais

rápida e com menores custos)

Interacção com inquiridos

Não

Sim

Necessidade de formação para trabalho de campo

Não

Não

Quadro 5 – Comparação de métodos de recolha de dados: correio postal e e-mail (Pinheiro, Ana & Silva, Bento (2004))


O e-questionário tem custos irrisórios e o tempo de recolha de dados de forma electrónica também se reduz substancialmente, basta recordar o tempo do envio e do retorno do correio postal. Claro que a amostra pode ser muito maior, no e-questionário, por causa dos baixos custos. Há também a possibilidade de mais facilmente tratar os dados, nomeadamente quando eles são inseridos em ferramentas quiz. O não precisar de grande tempo para o investigador inserir os dados, ou até nenhum em alguns casos, torna o processo muito mais rápido e fiável, pois omite-se a possibilidade de erro humano.

O e-questionários permitem ainda a "estabelecer uma interacção pessoal, rápida e eficaz entre os sujeitos da investigação” (Pinheiro, Ana & Silva, Bento. 2004:527).


Algumas ferramentas disponíveis

Para se realizarem e-questionários podemos recorrer as seguintes ferramentas:

Thesis Tools - trata-se de uma ferramenta para quem está a trabalhar numa dissertação. O serviço é gratuito (ou, como eles dizem no site, quase - no final pedem que apresentemos os resultados no site através de um ficheiro do Word ou PDF) e entre as línguas que podem ser usadas encontra-se o português.
2Ask - é um serviço comercial mas que tem uma versão de teste grátis que podemos utilizar durante um mês e nos permite criar três inquéritos com até 100 perguntas (mas depois só podem ser 10 pessoas a responder). A versão a sério começa nos €198 para um inquérito com a duração de 30 dias que permite até 100 participantes. A partir daí o preço é sempre a subir.

Surveymonkey - Já foi aqui apresentada pelos Suspeitos do Costume. Possui uma versão grátis que permite até 10 perguntas por inquérito e 100 respostas. Podemos utilizar qualquer língua e a criação de um número ilimitado de inquéritos. Na ajuda do SurveyMonkey encontrei um PDF interessante sobre a construção de inquéritos.
Zoomerang - A versão grátis permite até 30 perguntas por inquérito. Numa primeira análise pareceu-me que a ajuda é boa.
Surveygizmo - O plano básico ($19 por mês - tem uma versão grátis que dura 14 dias) permite um número ilimitado de inquéritos e perguntas; 250 respostas por mês.
Questionpro - é a pagar mas tem uma versão grátis.
Magic survey tool - Tem uma versão grátis cuja conta dura um mês.
Survey Methods - É a pagar mas tem conta grátis. Quando se cria uma conta podemos usar uma conta normal durante uma semana.
Lime Survey - Trata-se de uma ferramenta feita em PHP que pode ser descarregada para instalação num servidor. Podemos igualmente utilizar a ferramenta directamente sem termos de possuir um servidor através do serviço disponibilizado.

O GoogleDocs (formulários) é uma ferramenta poderosa na criação de questionários online. Permite ao investigador criar máscaras de introdução de dados de forma simples e intuitiva, permite a consulta rápida dos dados visto que passam directamente para uma folha de cálculo e possibilita ainda uma análise profunda dado que os dados podem ser rapidamente canalizados para um programa tipo Excel ou para um programa como o SPSS. O meu colega e amigo Paulo Simões partilhou um artigo que considero muito útil para iniciar à utilização desta ferramenta: Googledocs.

Free Quis Maker – É uma ferramenta grátis, onde e pode realizar quiz, testes online, formação, recrutamento, exames, curiosidades ou apenas testes de puro divertimento.

QuestionForm - É uma aplicação grátis para criar, publicar e analisar inquéritos online e formulários. Tem uma versão grátis, mas para funcionalidades mais avançadas há que recorrer a uma versão paga.

Surveymonkey - Tem a finalidade de permitir a qualquer pessoa criar inquéritos online profissionais, de forma rápida e fácil.

Paxonta - na sua versão grátis, permite qustionários até 100 perguntas, com 18 modalidades diferentes.


N.B. - Consegui recolher estas ferramentas, graças à partilha que os meus colegas de mestrado fizeram. Obrigado!

Sem comentários:

Enviar um comentário